SBEC - Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Homens de Couro

Wilson Vieira
A terra devastada, clima árido, abrasador, uma ambientação mística e feudal, onde o poder e a ganância de alguns dominaram muitos, por gerações martirizadas e famélicas. O clamor pela justiça rompeu, abruptamente, a barreira da razão, originando uma casta sertaneja nômade, forte e guerreira; os HOMENS DE COURO, que mantiveram por décadas, o senso da palavra LIBERDADE.
Uma fase arrebatadora, porém obscura, no registro da história de uma Nação e de seu povo, vista como um episódio passageiro, mas que na realidade, foi muito mais além...BRASIL (Nordeste - 1897/1940).
A epopéia dos HOMENS DE COURO é tornar a narrativa mais interessante de acordo com a linguagem das histórias em quadrinhos. O ano é 1898. No sopé da Serra Vermelha, sertão pernambucano, vem à luz o menino Virgulino, cujo nome foi tirado de uma revista de astrologia. Vinte e dois anos depois, ele daria início à saga do mais famoso fora da lei da história brasileira: O CANGACEIRO LAMPIÃO.
Reunindo elementos de aventura, suspense, amor, intriga e traição, o autor procurou dar ênfase ao lado social da história, principalmente à vida de sofrimento do povo nordestino e o tormento de quem vive no sertão, sob os infortúnios da seca. O leitor encontrará abordagens sobre fome, clima, miséria e submissão muitas vezes forçados pela ameaça de morte, num mundo em que o poder vai muito mais além das cancelas das fazendas e dos latifundiários. Nesse volume o menino Virgulino é apresentado como um predestinado, alguém que nasceu com astúcia, inteligência e espírito de liderança - características que demonstrou desde cedo.
O roteiro é um emaranhado de referências e de várias fontes de informação. O leitor saberá como foram os primeiros 22 anos da vida do famoso cangaceiro, até o momento em que ele passa a viver fora da lei, com seu bando de seguidores. Nesse episódio o autor também narra a lenda da mula sem cabeça.

Saiba mais sobre o Livro em:
http://www.komix.it/page.php?idArt=4553
http://www2.units.it/~csal/home/?file=contributo_sa.htm&pf=yes

Para adquirir o Livro:
cluq@terra.com.br

Um comentário:

Wilson Vieira disse...

Olá pessoal bom da SBEC, agradeço a divulgação do álbum Cangaceiros - Homens de Couro, escrito por mim, com a capa de Mozart Couto e os desenhos de Eugenio Colonnese.
Abraços,
Wilson

acessos nos últimos 30 dias